Dona Sofia e Champalimaud já trabalham para 2020

????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

A Fundação Champalimaud e a Fundação Rainha Sofia, de Espanha decidiram programar para 2020 uma nova cimeira internacional sobre a doença de Alzheimer, anunciou esta sexta-feira, 22 de setembro, a organização do encontro.

André Valente, da Fundação Champalimaud, disse durante a conferência internacional que as duas fundações decidiram “planear uma segunda cimeira em 2020”.

“Esperamos ter mais luz sobre a investigação que aqui foi apresentada”, indicou aos participantes da cimeira antes da conferência do neurocientista António Damásio, que participou no encontro.

Mais de 80 especialistas mundiais debateram em Lisboa a doença de Alzheimer e as demências de forma global, problema que afeta cerca de 50 milhões de pessoas no mundo.


Recorde as palavras da rainha emérita de Espanha e do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa


A cimeira internacional “Alzheimer’s Global Summit”, que decorreu esta semana em Lisboa, foi organizada pela Fundação Champalimaud e pela Fundação Rainha Sofia, de Espanha, que se tem dedicado a projetos de investigação e sociais na área das demências.

O objetivo do encontro foi discutir e partilhar os recentes progressos em duas áreas distintas, mas complementares: a da intervenção terapêutica e a área de investigação sobre doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer, Huntington e Parkinson.


Não cuide apenas dos outros. cuide de si também


A crise global da demência afeta mais de 50 milhões de pessoas no mundo e, até 2050, estima-se que este número possa quase triplicar.

CB com Lusa

Imagem de destaque: Lusa