Subir

‘O Bebé de Bridget Jones’: 7 curiosidades sobre o regresso da nossa heroína favorita

Bridget

‘O Bebé de Bridget Jones’, terceiro filme da saga baseada nos livros de Helen Fielding, chega às salas de cinema portuguesas a 15 de setembro. 12 anos depois de ‘O Novo Diário de Bridget Jones’, Renée Zellweger e Colin Firth estão de volta para uma nova aventura… desta vez com um bebé.

Quer saber mais pormenores (e alguns spoilers) daquela que é a mais aguardada comédia do romântica do mundo? Percorra a lista!

1 – A ausência de Hugh Grant: o ator britânico recusou participar no terceiro filme do franchise porque o guião não o atraiu. Em entrevista recente ao canal E!, Hugh Grant revelou os verdadeiros motivos da recusa. “Vieram ter comigo há uns anos e tiveram esta ideia simpática para um filme. Sou particularmente difícil e ‘diva’ no que toca a guiões e não consegui fazer com que este funcionasse para mim. Por isso, tiveram de fazer o filme sem mim. Mas tenho a certeza de que está fabuloso!”, disse o ator de 55 anos.

2 – Tecnologia: em ‘O Bebé de Bridget Jones’, a personagem principal troca o seu diário em papel por um Ipad, onde anota todas as suas confissões. Uma realidade diferente da de Renée Zellweger, que é completamente avessa às novas tecnologias e à internet. “Represento, trabalho e vou para casa. Estou pacificamente desinformada. Se ignorar o ruído, consigo concentrar-me apenas no que se passa aqui”, explicou a atriz norte-americana ao ‘El Pais’, durante as filmagens da longa-metragem

3 – A banda sonora: a cantora Ellie Goulding é a responsável pelo tema principal do filme. Goulding, responsável também pela música central da banda sonora do primeiro filme de ’50 Sombras de Grey’, criou ‘Still Falling For you’ para ‘O Bebé de Bridget Jones’.

4 – Participações especiais: o músico britânico Ed Sheeran faz uma pequena aparição no terceiro filme da saga Bridget Jones. Emma Thompson também integra o elenco, interpretando o papel da obstetra de Bridget.

5 – ‘All By Myself’: a icónica cena do filme de 2001 ‘O Diário de Bridget Jones’, em que a personagem principal surge de pijama, alcoolizada e a cantar a música criada por Eric Carmen em 1975, e interpretada por Céline Dion, vai voltar a repetir-se em ‘O Bebé de Bridget Jones’.

6 – O pai da criança: se ainda não está a par do enredo central do filme, aqui fica o resumo: Bridget acaba de completar 43 anos. Separou-se de Mark Darcy (Colin Firth) e tem um caso com Jack Qwant (Patrick Dempsey… esse mesmo… o McDreamy de ‘Anatomia de Grey’). Uma gravidez inesperada levanta a dúvida que só será respondida no final: qual deles é o pai da criança?

7 – o regresso da realizadora original: Sharon Maguire, que realizou o primeiro filme da saga, regressa ao franchise ‘Bridget Jones. Os estúdios da Universal tinham originalmente atribuído o cargo de realizador ao norte-americano Paul Feig (‘A Melhor Despedida de Solteira’, ‘Caça-Fantasmas’) mas decidiram voltar atrás e convidar Maguire.

 

Raquel Costa // Fotografia: Universal