Sala principal do Teatro da Trindade ganha novo nome: Carmen Dolores

Carmen Dolores vai ser o nome da sala principal do Teatro da Trindade, em Lisboa, a partir de 11 de julho, anunciou esta terça-feira, 19 de junho, o diretor artístico, Diogo Infante, durante a conferência de imprensa de apresentação da temporada 2018/2019.

A homenagem à atriz, de 94 anos, que se estreou profissionalmente neste teatro, coincide com a estreia da peça Carmen, uma coprodução desta sala de espetáculos da Fundação Inatel com o Teatro Meridional, integrada na programação do Festival de Almada.

“Um ato de amor por uma atriz e mulher notável”, foi como Diogo Infante classificou a peça que será protagonizada por Natália Luiza, por escolha de Carmen Dolores, que se estreou profissionalmente no teatro, no Trindade, em 1945, na então Companhia Comediantes de Lisboa, dirigida por Francisco Ribeiro (Ribeirinho).

A peça, um registo autobiográfico da atriz que se estreou profissionalmente no papel de Ágata, em “Electra, a mensageira dos deuses”, de Jean Giraudoux, baseia-se no último livro de Carmen Dolores, “Vozes dentro de mim”. Carmen estreia-se a 11 de julho, no Trindade, onde fica em cena até 29 de julho, com as representações dos dias 12 a 15, integradas no Festival de Almada.

O papel de Carmen Dolores na luta contra a censura, na génese da Casa do Artista e o facto de o filme com que se estreou profissionalmente no cinema ter sido exibido no Trindade – em 1943, com Amor De Perdição, de António Lopes Ribeiro – foram também invocados por Diogo Infante, a propósito da homenagem.

Esta homenagem, de acordo com Diogo Infante, contará com a presença de Carmen Dolores e incluirá uma exposição/instalação sobre a atriz, instalada nas áreas comuns do Trindade, entre as quais o ‘foyer’, será também inaugurada no dia da homenagem. Entre outras ocasiões, Carmen Dolores e Diogo Infante contracenaram em Jardim Zoológico de Cristal, Tennessee Williams, no Teatro Nacional D. Maria II, em 1998.

O Presidente da República, os responsáveis governamentais da Cultura e outras figuras do Governo, assim como todos os atores seniores estão a ser convidados para a homenagem de 11 de julho, disse à Lusa fonte do Trindade.

Imagem de destaque: Thomas Meyers/Global Imagens

França: campanha quer estações de metro de Paris com mais nomes de mulheres