Santini abre fábrica de gelados ao público para comemorar 70 anos

Passaram sete décadas desde que o italiano Attilio Santini inaugurou a sua primeira gelataria, na praia do Tamariz, oferecendo gelados a todos os que por ali passaram a primeira vez. Setenta anos depois, a marca vai assinalar o aniversário da criação do Santini não com gelados grátis, mas sim com a abertura das portas da sua fábrica, em Carcavelos.

A 4 de maio, a produção vai ser revelada ao público, das 09h00 às 16h00, com visitas de meia hora que permitirão acompanhar todo o processo: desde a chegada à preparação da fruta, terminando com a produção dos gelados artesanais, cuja receita (secreta) se mantém igual desde 1949. O que também não mudou, segundo a Santini, é a qualidade dos gelados, feitos sem corantes nem conservantes, com ingredientes 100% naturais e fruta descascada e cortada à mão.

As visitas são feitas em grupos de 10 pessoas e a reserva deve ser feita para [email protected] O bilhete de acesso custa 5 euros e, além da visita à fábrica, inclui um mini cone de um sabor à escolha.

 

Para provar este novo gelado de brownie tem de ir pôr gasolina

Gelado com insetos está à venda em Portugal